Como conseguir um desmame bem- sucedido e menos estressante?

20 abril 2017

Dica: O desmame gradual é melhor que o desmame abrupto

Taxas mais altas de crescimento e crescimento prolongado durante o desmame

De acordo com vários estudos (Meale et al. 2015, entre outros), desmamar bezerros gradualmente por meio da redução da quantidade de leite com a qual são alimentados no decorrer do tempo, em vez de fazê-lo abruptamente, ajuda os bezerros a manter taxas de crescimento mais altas durante o desmame. Por experimentarem situações menos estressantes na fase de crescimento, os bezerros desmamados gradualmente têm uma chance melhor de continuar a apresentar as taxas de crescimento altas atingidas antes dos desmame após a transição, especialmente quando alimentados com planos superiores de nutrição.

A transição do leite para alimentos sólidos requer tempo

De fato, a transição da alimentação primária com leite e líquidos para alimentação sólida deve ser realizada da maneira mais gradual possível. Como o Dr. Harma Berends, pesquisador da Trouw Nutrition, destaca, “A mudança da digestão do leite para a fermentação de forragens grosseiras e concentrados no rúmen é uma etapa importante. O desenvolvimento do rúmen precisa de tempo e de uma abordagem gradual. Se as proporções forem alteradas de forma muito rápida, o animal fica estressado, sofre danos intestinais e o chamado estresse de crescimento ao desmame, o que pode ser prevenido pela redução gradual da quantidade de leite fornecida.” O desmame exige tempo, que a utilização de um processo decrescente permite. Desmamar os bezerros de maneira gradual também reduz o stress do desmame. Como seus órgãos estão passando por um processo de transição na forma como trabalham para digerir os nutrientes, isso pode ser muito desgastante para o sistema digestivo. Ao proporcionar tempo para que o sistema se ajuste gradualmente, o stress sistêmico, ou outros tipos de stress, é reduzido.

A suavidade na transição também é importante

Muitos pesquisadores concordam que a suavidade da transição durante o desmame é absolutamente essencial. O Dr Ajmal Khan, Cientista Sênior da AgResearch, Nova Zelândia, enfatiza esse ponto. Ele conclui que uma transição suave de alimentos líquidos para sólidos permite que os bezerros consumam e façam a digestão de alimentos sólidos em quantidade suficiente para manter o crescimento durante e após o desmame. Quanto mais suave a transição, mais capazes serão os bezerros de lidar com ela, com menor efeito prejudicial à saúde dos animais e com o efeito positivo mais alto possível em seu desempenho futuro.

Leia a matéria original.