Selko

Selko-pH

O estado de saúde das granjas tem uma forte influência sobre os resultados financeiros da mesma. A presença de bactérias indesejáveis, tais como E. coli e Salmonella pode causar danos intestinais, que pode levar a problemas digestivos como diarreia e baixo desempenho. O efeito positivo de Selko-pH em desempenho é alcançado através dos três passos seguintes:

Primeiro passo: aumentar a qualidade da água

A água é um nutriente essencial para os animais. A mistura sinérgica de ácidos orgânicos livres em Selko-pH melhora a qualidade microbiana da água inibindo o crescimento de E. coli e Salmonella, leveduras e fungos. As análises realizadas no laboratório da Selko mostram que mais de 40% das amostras de água não tratadas possuem níveis maiores que 100 UFC/ml de Enterobactérias, ao passo que as amostras de água tratadas com Selko-pH revelam um resultado zero. Água potável acidificada também reduz a formação de biofilme, o que, por sua vez, diminui o risco de bloqueio dos bebedouros. Água de bebida e sistemas de água são dois pontos críticos para a efetividade máxima das vacinas e antibióticos aplicados através da ingestão da água.

Segundo passo: Suporte digestivo

A mistura sinérgica de ácidos orgânicos livres em Selko-pH reduz o pH e a capacidade de tamponamento da ração no estômago dos animais. Isto inibe o crescimento da E. coli e Salmonella e leva a melhoria da digestão alimentar. O efeito da redução do pH é particularmente importante para animais jovens, visto que o pH no estômago deles é relativamente alto.

Terceiro Passo: Controle microbiano intestinal

Os leitões, frangos de corte e poedeiras são especialmente vulneráveis ao início da fase de produção, pois a flora intestinal ainda está em desenvolvimento. Os ácidos orgânicos tamponados em Selko-pH reduzem o nível de E. coli e Salmonella no intestino enquanto mantém os lactobacilos seguros e inalterados.

 

Benefícios

Selko-pH melhora a qualidade microbiana da água, reduz o pH no estômago dos animais e suprime bactérias indesejáveis no trato gastrointestinal. Isto conduz a melhorias consistentes tanto em ganho de peso quanto em conversão alimentar.